Você está aqui:  Início  /   Cultura  /   FEDERAÇÃO DAS COLECTIVIDADES DA FEIRA GOSTAVA VER OUTRA ARTICULAÇÃO COM MUNICÍPIO NA DEFINIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO CULTURAL

FEDERAÇÃO DAS COLECTIVIDADES DA FEIRA GOSTAVA VER OUTRA ARTICULAÇÃO COM MUNICÍPIO NA DEFINIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO CULTURAL

Os responsáveis da federação das coletividades de Santa Maria da Feira, à Sintonia Feirense, falam de vários temas relacionados com o associativismo e a cultura do concelho.

Joaquim Tavares e Pedro Silva, da federação das coletividades de Santa Maria da Feira, promotores do “Teatro à Roda”, fazem um balanço extremamente positivo da iniciativa que percorreu onze freguesias do concelho.

VAMOS TER 2ª EDIÇÃO DO TEATRO À RODA

Em setembro, é um dado praticamente adquirido, que vai realizar-se a 2ª edição do evento.

Joaquim Tavares, gostaria que houvesse uma maior articulação com o município na elaboração da programação cultural concelhia.

fecofeira

PROGRAMA DE APOIO A PROJECTOS CULTURAIS TEM LACUNAS

Quanto ao programa de apoio a projectos culturais, há lacunas que necessitam de ser revistas na opinião destes responsáveis. Pedro Silva, expressa a sua opinião sobre a matéria.

Joaquim Tavares, salienta que 100 mil euros não correspondem minimamente à realidade do associativismo do concelho.

Joaquim Tavares foi eleito recentemente para mais um mandato à frente da federação das colectividades e, deixa aqui, as ideias que tem para desenvolver.