Você está aqui:  Início  /   Desporto  /   FEIRENSE NÃO ENCONTROU CHAVES DO TRIUNFO NO ARRANQUE DE 2016

FEIRENSE NÃO ENCONTROU CHAVES DO TRIUNFO NO ARRANQUE DE 2016

Feirense chaves em jogo

Fechar o ano velho a vencer, fora de portas, abrir o ano novo a perder em casa, em duelo de candidatos, no Marcolino de Castro. Aconteceu ao Feirense no jogo grande da ronda 23, da II Liga. Chaves mais eficaz, em terreno muito difícil para a prática do Futebol. Vitória dos comandados de Vítor Oliveira, por 1-0 e troca na tabela classificativa. O Chaves é agora vice líder, a nove pontos do F.C. Porto B, o Feirense é terceiro com os mesmos pontos do Freamunde.

Luís Silva, aos 60 minutos, marcou o único golo do jogo. Pouco depois, foi a vez de António Filipe brilhar ao negar o golo a Cris com uma extraordinária defesa. Pepa sente que a equipa tudo fez para justificar um desfecho diferente.

Até ao fim, o Feirense tudo tentou. Platiny recuperou a bola no meio campo, driblou vários adversários, isolou-se na cara de António Filipe e foi derrubado por trás por Fábio Santos, a bola sobrou para Kukula e Jorge Sousa deu a lei da vantagem, mas o cabo-verdiano viu o guarda-redes flaviense fazer uma grande defesa, desviando o esférico pela linha de fundo, negando-lhe um golo que parecia certo.

civitas

Sempre com o apoio dos sócios e simpatizantes, os azuis da Feira reagiram ao golo sofrido. Aos 66′, Kukula trabalhou bem, entrou na área e cruzou atrasado mas nem Platiny nem Vasco Rocha conseguiram emendar para a baliza deserta. Dois minutos depois foi a vez de Ícaro, quase à boca da baliza, cabecear sobre a barra. Aos 80′, Platiny, de primeira, rematou forte mas a bola acertou em cheio na barra da baliza de António Filipe.

Vítor Oliveira, treinador de todas as subidas, fala de uma vitória “muito difícil”.

As condições do terreno de jogo “prejudicaram as duas equipas, que gostam de ter bola, de jogar bom Futebol”.

Pepa garante que não faz sentido falar em crise de resultados, no Campeonato.

Feirense sporting b

Filipe Freixo, no relato, e Sérgio Ferreira, nos comentários, enfatizaram a força da tradição, em jogos Feirense-Chaves.

Filipe Freixo, repórter Sintonia Feirense, fala das mexidas no grupo de trabalho do Feirense.