Você está aqui:  Início  /   Notícias  /   Filipe Moreira: “Não serei cabeça de lista a nenhuma lista da CDU” nas próximas eleições autárquicas

Filipe Moreira: “Não serei cabeça de lista a nenhuma lista da CDU” nas próximas eleições autárquicas

Filipe Moreira, deputado da CDU na Assembleia Municipal, em entrevista de balanço de mandato e projeção das próximas eleições autárquicas na Sintonia Feirense.

A completar o segundo mandato enquanto deputado da CDU na Assembleia Municipal, Filipe Moreira anunciou ontem, na Sintonia Feirense, que não será cabeça de lista nas autárquicas de 2021. Entende que chegou a hora de haver uma “mudança” nos rostos do partido, mas não descarta, contudo, a possibilidade de integrar uma lista da coligação.

Em entrevista de balanço de mandato autárquico e projeção das próximas eleições autárquicas, Filipe Moreira adiantou que não será cabeça de lista da CDU, considerando que “não faz sentido nenhum ter sempre os mesmos candidatos“. Para o deputado, chegou a hora de passar a pasta a outros intervenientes políticos: “Acho que é preciso chamar outras pessoas e responsabilizar outras pessoas para essas tarefas. Parecendo que não, estou na política ativa partidária há 12 anos e com cargos políticos em instituições há oito anos seguidos“, denotou na entrevista.

Filipe Moreira não escondeu alguma “frustração” no exercício do cargo de deputado na Assembleia Municipal nestes dois mandatos. “Não posso mentir, sinto-me frustrado porque acho que tinha capacidade e competência para fazer muito mais e, em certa medida, também não me foi permitido fazer muito mais. Acho que é tempo de fazer um período sabático pelo menos de eleições“, afirmou, apontando que “muitas das vezes podia ter tido outro tipo de apoio” que não teve.

Ainda assim, Filipe Moreira não descarta a possibilidade de integrar uma lista nas próximas eleições autárquicas. Os candidatos pela CDU – coligação entre PCP e PEV – deverão ser anunciados em maio. Filipe Moreira diz que a coligação não apresentará candidaturas em todas as freguesias, ao contrário das últimas eleições, e aponta os objetivos: o primeiro é manter os atuais eleitos da CDU – nas Assembleias de Freguesia de Fiães, Fornos e S. Paio de Oleiros e na Assembleia Municipal – e o segundo passa por aumentar a representação no concelho.

Em entrevista de balanço de mandato, Filipe Moreira abordou, entre outros temas, a concessão da água e saneamento à Indaqua. O deputado na AM entende que deve ser feito um estudo prévio para saber quanto custaria o resgate agora e daqui a nove anos, altura em que é possível acionar uma cláusula prevista no contrato para o resgate. “Temos que fazer o estudo para saber quanto custa a remunicipalização. Não nos interessa remunicipalizar a água, torná-la pública, e não conseguir baixar os preços ou não conseguir prestar um serviço melhor“, aponta.

Nesse sentido, defende que é importante ter os dados deste estudo prévio para que possa existir uma discussão ampla sobre o assunto e sejam apontadas soluções concretas. A polémica da P. Parques, o ambiente, a cultura, a rede viária, as acessibilidades e a mobilidade, os desafios das próximas eleições autárquicas foram outros temas em discussão. Pode ouvir a entrevista na íntegra aqui.