Você está aqui:  Início  /   Desporto  /   Filipe Rocha: “Espírito feirense não faltou” na vitória perante a Académica

Filipe Rocha: “Espírito feirense não faltou” na vitória perante a Académica

O Feirense venceu ontem a Académica, por 1-0, com golo apontado por Fabrício, aos 61 minutos. A vitória permite à turma de Santa Maria da Feira ascender ao segundo lugar e ficar apenas a um ponto do líder, Estoril, que recebe dentro de duas jornadas (no dia 9 de março, às 20h). O técnico fogaceiro, Filipe Rocha, analisa o triunfo destacando que “espírito feirense não faltou” à equipa.

Filipe Rocha fala de uma primeira parte onde o Feirense foi a “única equipa que se acercou com perigo da baliza do adversário”. “Tínhamos estudado a Académica e sabíamos que iam ser pacientes, que iam esperar o erro ali na primeira fase de construção. Nós soubemos trabalhar a bola, com paciência“, destaca o técnico, que admite que a segunda parte do jogo foi jogada “mais com coração do que com a cabeça“.

Após o guardião Brígido ter negado o golo à Académica por grande penalidade, surge igual oportunidade para a equipa do Feirense. Na hora de converter, Fabrício não vacilou e colocou a equipa na frente, vantagem que perdurou até ao apito final. “Penso que o grupo está de parabéns, soube interpretar o jogo“, refere o técnico, lembrando que esta era uma partida “de grande importância”. “Eles não queriam perder para não perder o segundo lugar, nós queríamos ganhar para chegar à frente e jogamos todos os jogos com esse pensamento. Penso que estamos de parabéns“, considerou o timoneiro.

O Feirense conquistou, com esta vitória, o segundo lugar da II Liga, que dá acesso à subida, mas Filipe Rocha lembra que ainda faltam 14 jogos para concluir o campeonato. “Temos que procurar tentar ser sempre melhor do que o adversário, temos que jogo a jogo estudar muito bem o adversário e ver os pontos mais débeis que podemos explorar, ofensivamente, e defensivamente ser seguros perante os pontos fortes do adversário“, refere o técnico. “É sempre nessa perspetiva que encaramos os jogos, com uma atitude ambiciosa, positiva, no sentido de procurar a vitória”, acrescenta.

Com chegadas recentes ao plantel, Filipe Rocha apontou ainda que há “coisas a melhorar” e que esta é uma equipa em construção. Mas, destaca o técnico, “atitude” e “espírito feirense não faltou” neste jogo. “Podemos garantir que estará sempre presente e é isso que exijo aos meus atletas, essa postura competitiva e positiva perante o jogo”, remata.

O Feirense desloca-se este sábado, às 11h00, ao reduto do Sporting Clube da Covilhã. No dia 09 de março, às 20h00, recebe o atual líder da II Liga, o Estoril.