Você está aqui:  Início  /   Cultura  /   HINO DE ARRIFANA PELA BANDA DE MÚSICA E PELOS ESCUTEIROS EM 6.ª FEIRA HISTÓRICA!

HINO DE ARRIFANA PELA BANDA DE MÚSICA E PELOS ESCUTEIROS EM 6.ª FEIRA HISTÓRICA!

D de capa invasoes francesas

As Invasões Francesas, que, no princípio do século passado, deixaram marcas no concelho de Santa Maria da Feira, estão particularmente ligadas a Arrifana por um episódio horroroso e da mais atroz barbaridade. Na freguesia ergue-se o Monumento aos Mártires em memória dos homens fuzilados pelo exército napoleónico, em 17 de Abril de 1809. A recriação, ao longo de todo o fim de semana, é destacada, em direto na Águia Azul, por Delfim Silva, presidente da Junta de Freguesia de Arrifana.

“Não ter chuva seria o ideal”, acrescenta o autarca arrifanense.

O massacre, acompanhado do saque da povoação, surgiu como represália à emboscada montada em Riba-Ul e dirigida por um natural de Arrifana, em que perdeu a vida, entre outros, um oficial francês sobrinho do general Soult. O povo, aflito, fugiu a esconder-se na igreja, mas nem assim escapou aos intentos assassinos dos franceses, que o fez sair ordeiramente, contando um, dois, três, quatro e, chegando ao quinto, agarrando-o para ser fuzilado no Campo da Bussiqueira. Segundo os mais fundamentalistas, terão morrido — entre homens, mulheres e crianças — perto de trezentas pessoas. Só escaparam os que o acaso escondeu por debaixo dos cadáveres.

D de massacre em Arrifana

A identidade de um povo faz-se, também, pelo passado, por mostrar o que foi esse mesmo passado, enfatiza Delfim Silva, no estúdio da Águia Azul, a Sintonia com Arrifana.

O envolvimento das associações de Arrifana “é absoluto. É para isso que trabalhamos, todos os dias, em prol da nossa terra.”

D de delfim solo

Como líder do exxecutivo da Junta de Freguesia de Arrifana, Delfim Silva não hesita em relação à prioridade, até ao final do mandato.

Arrifana insere-se na forte região de Terras de Santa Maria, com 14 municípios.

D de escuteiros de arrifana

O trabalho efetuado pelas associações de Arrifana merece elogios de Delfim Silva, em direto, na Águia Azul, a Sintonia da região.