Você está aqui:  Início  /   Desporto  /   “O DESAFIO É ENCHER O MARCOLINO DE CASTRO ESTA 6.ª FEIRA, ÀS 18 HORAS”

“O DESAFIO É ENCHER O MARCOLINO DE CASTRO ESTA 6.ª FEIRA, ÀS 18 HORAS”

JUNTOS

Mais de 4500 famalicenses empurraram o Famalicão para a vitória, frente ao Feirense, na jornada do último domingo. Será que mais de 4500 feirenses vão empurrar o Feirense para o regresso aos triunfos, já esta sexta feira, contra o Atlético? O desafio é efetuado por Rodrigo Nunes, em Sintonia de Ataque, no estúdio da Águia Azul, a Sintonia Feirense.

Jorge Costa, comentador afeto ao F.C. Porto, aborda o momento atual do Feirense, agora em igualdade pontual com o Famalicão, 55 pontos, no terceiro lugar da Liga, a um golo de voltar a posição de subida, dado que o Porto B não pode subir de divisão.

Narrador de excelência do Futebol, durante várias temporadas, Jorge Costa lembra a luta “enorme entre seis, sete equipas, pela subida de divisão. O Feirense mantém intactas as suas aspirações, apesar dos dois últimos desaires.”

Jorge e Rodrigo

Depois de passarem mais de 24 horas do embate em Famalicão, Rodrigo Nunes falou, primeiro, do jogo jogado, em Sintonia de Ataque.

Seguiu-se à abordagem à equipa de arbitragem, no Famalicão-Feirense, 1-0.

Em Sintonia de Ataque, Rodrigo Nunes lembrou o momento em que Filipe Oliveira foi expulso.

Já com alguns anos de dirigismo, o presidente do Feirense é de opinião que “andam a acontecer coisas estranhas na II Liga.”

E o que será mais difícil de acontecer no final da temporada? A subida do Feirense? A permanência do Lourosa? Ou o título de campeão nacional do F.C. Porto? Responde Jorge Costa, na rádio que é voz da região.

Feirense unido ate ao fim

A segunda parte de Sintonia de Ataque, entre as 19 e as 20 horas, aconteceu antes dos jogos Vitória-Sporting, 0-0 e Benfica-U. Madeira, 2-0. Apenas um ponto separa leões de águias, antes do escaldante Sporting-Benfica e com o Porto à espreita, o dragão desloca-se a Braga, a quatro pontos do Sporting e a três do Benfica, com vantagem no confronto direto, perante a formação encarnada. Rodrigo Nunes volta a elogiar as capacidades de Jorge Jesus, face aos anteriores treinadores do Sporting.

Jorge Costa ripostou e lembrou as duas temporadas em que Vítor Pereira venceu Jorge Jesus, incluindo nos confrontos diretos, entre Porto e Benfica, para o Campeonato.

O dragão Jorge Costa vai mesmo mais longe e afirma que “Marco Silva não faria pior que Jorge Jesus, se lhe tivessem dado este plantel do Sporting.”

E mesmo antes de começar o Benfica-União da Madeira, já Rodrigo Nunes garantia a vitória benfiquista, na Luz.