Você está aqui:  Início  /   Desporto  /   PRESIDENTE DO CENTENÁRIO ESPINHO EM SINTONIA DE ATAQUE. TIGRES LIDERAM!

PRESIDENTE DO CENTENÁRIO ESPINHO EM SINTONIA DE ATAQUE. TIGRES LIDERAM!

0 Sintonia de Ataque com Bernardo

Bernardo Almeida, presidente do Sporting de Espinho, regressou ao estúdio da Águia Azul, a Sintonia do Futebol espetáculo. A última edição de Sintonia de Ataque juntou Rodrigo Nunes, Jorge Costa e Lino Moreira. No Campeonato Pecol “faltam 8 finais e será uma luta a três.” Tigres na frente, depois do empate do Águeda em Carregosa. Fiães em terceiro, a 4 pontos do Espinho, e a três do Águeda. Bernardo Almeida lembra que o Espinho “chegou a estar a 11 pontos do Recreio de Águeda.

Bernardo Almeida vive o Espinho, da “mesma forma que a cidade e concelho, com amor. É uma bonita história de amor, a este grande clube centenário.”

Chamar, de novo, os sócios para o clube “não é fácil, mas estamos a conseguir. E JUNTOS somos tão fortes!” exclama Bernardo Almeida, em Sintonia de Ataque.

0 fiaes no topo

Para o dirigente espinhense “o mais difícil está para chegar. Nada está conquistado.”

Total pressão nas equipas que lutam pela subida. “E quem vai à frente tem maior pressão.”

Lino Moreira, presidente do Fiães Sport Clube, acompanhou Chaves ao Hospital, no último domingo, na sequência do derbie em Milheirós de Poiares.

O grupo de trabalho do Fiães “dedica a vitória, frente ao Milheiroense, ao Chaves.”

Lino Moreira volta a abordar a construção da bancada no Sintético do Bolhão, para que mais fianenses estejam com o clube, através do Futebol de formação.

No Campeonato Pecol, a luta “será a três, com oito finais pela frente!”

Hoje, o Fiães “tem excelentes relações com os vizinhos. Exemplo disso mesmo a cedência das nossas instalações à equipa de Juniores do Lourosa.”

Para Lino Moreira nem sempre é “fácil apostar nos jovens da formação do clube, porque os adeptos querem vitórias.” O dirigente percebe as declarações de Frederico Oliveira, no final do Lourosa-Oliveira de Frades.

O presidente do Fiães não concorda com Hélder Pinho, treinador do Milheiroense, em relação à equipa de arbitragem que esteve no derbie Milheiroense-Fiães, 1-2. “Não nos deixaram ganhar!” foi a expressão do técnico da formação de Milheirós de Poiares. O dirigente fianense discorda.