Você está aqui:  Início  /   Notícias  /   PROJECTO “CUIDAR DE QUEM CUIDA” PREMIADO NO ÂMBITO DO MIES

PROJECTO “CUIDAR DE QUEM CUIDA” PREMIADO NO ÂMBITO DO MIES

O projeto “Cuidar de Quem Cuida”, que desenvolve respostas específicas para os cuidadores de doentes com demência no Entre Douro e Vouga (EDV) e Área Metropolitana do Porto (AMP), foi distinguido com o prémio ES+, atribuído no âmbito do Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social (MIES), promovido pelo Instituto de Empreendedorismo Social e pelo Instituto P. António Vieira.

Cuidar de quem cuida

O MIES tem por base a recolha, análise e avaliação de informação sobre as iniciativas que, de forma rigorosa e utilizando a metodologia ES+, permitiu o reconhecimento e valorização de projetos que, no silêncio dos dias, promovem soluções inovadoras e sustentáveis capazes de colmatar problemas importantes e negligenciados da sociedade. Distinguiram-se 134 projetos das regiões Norte, Centro e Alentejo, de um total de quatro mil inicialmente identificados.

O CASTIIS – Centro de Assistência Social à Terceira Idade e Infância de Sanguedo é a entidade promotora do projeto “Cuidar de Quem Cuida (2014-2016) – que intervém na região do EDV e AMP –, contando com a parceria da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga e o CASO50+ Associação.

O financiamento deste projeto decorre do Programa Cidadania Ativa, cujos fundos são provenientes do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, em Portugal geridos pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Gabinetes de Apoio ao Cuidador

Para além dos Grupos de Ajuda Mútua, o projeto “Cuidar de Quem Cuida” disponibiliza, desde outubro de 2014, através dos Gabinetes de Apoio ao Cuidador, consultas individualizadas, nos gabinetes ou ao domicílio, com a intervenção de profissionais das áreas de gerontologia, direito, psicologia e serviço social, que orientam os cuidadores sobre os cuidados de saúde a prestar aos doentes, a legislação aplicável em vários domínios e os apoios sociais e económicos existentes no concelho, proporcionando ainda apoio psicológico e emocional.