Você está aqui:  Início  /   Desporto  /   SUCESSO NO FEMININO COM FABIANA FERREIRA, DEPOIS DE MEDALHA NACIONAL

SUCESSO NO FEMININO COM FABIANA FERREIRA, DEPOIS DE MEDALHA NACIONAL

Fabiana Ferreira

Foi a terceira medalha em ano e meio, em Campeonatos de Portugal. Fabiana Ferreira, atleta do GRECAS, não esquece, em momento algum, as suas origens. Natural de S. João de Ver, treinada por Paulo Neto, chegou a um resultado de excelência, em Pombal. Medalha de bronze em Pentatlo, no Campeonato Nacional de Esperanças, em Sub 23.

Os 3060 pontos conseguidos representam um “sonho de muito tempo, na sequência do trabalho exigente que estou a desenvolver, com o meu treinador Paulo Neto.”

E em quem é que pensou Fabiana Ferreira, logo após a conquista de tão importante medalha?

FF medalha

Para a conquista de dimensão nacional, muito contribuiu o recorde pessoal no Salto em Comprimento, com 5.20m. “Não posso deixar de agradecer, primeiramente, aos treinadores que tudo fizeram para que isto fosse possível. Obrigado Paulo Neto e Paulo Santos, por todo o apoio e por toda a dedicação, assim como a todo o meu grupo de treino e o meu clube Grecas. Não posso deixar de parte o Ginásio X5, que quando todos deixaram de acreditar me deu uma oportunidade para mostrar o que realmente valho, muito deste resultado deve-se a este ginásio de campeões. Por último, não menos importante, agradeço os meus pais, que na ausência do treinador, por motivos profissionais, não pôde estar presente se mantiveram firmes do meu lado dando toda a força do mundo.”

Em Exemplos de Sucesso no Feminino, Fabiana Ferreira fala das limitações que existem, ao nível do treino, em Santa Maria da Feira, o que valoriza ainda mais o trabalho técnico desenvolvido por Paulo Neto, da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Escapães.

FF em corrida

Os desafios sucedem-se para a atleta, de referência, do GRECAS. “Nunca entramos em descompressão”, garante.

A todas as jovens atletas, que estão a iniciar a prática do desporto, Fabiana Ferreira enfatiza uma mensagem de apoio, no estúdio da Águia Azul, a Sintonia Feirense.

FF Grecas

Fabiana Ferreira lamenta que “Santa Maria da Feira não apoie tantos atletas em ascensão que são do concelho. Um município não pode ser apenas a Viagem Medieval.”