Você está aqui:  Início  /   Cultura  /   Banda feirense The Bigstone lança primeiro disco depois de longa paragem de 35 anos

Banda feirense The Bigstone lança primeiro disco depois de longa paragem de 35 anos

Banda composta por Sérgio Cunha, Ângelo Campos, Eugénio Almeida e Fernando Santos apresenta primeiro disco ‘No meu olhar’, no dia 9 de junho, no Cineteatro António Lamoso. Foto: Fernando Pinheiro

Foi em 2015 que a banda feirense The Bigstone pôs fim a uma paragem de mais de 35 anos, redescobrindo o prazer da música, agora documentado e imortalizado no seu primeiro disco, “No meu olhar”, que será lançado no dia 9 de junho, às 21h00, no palco do Cineteatro António Lamoso, em Santa Maria da Feira.

A banda formada por Sérgio Cunha, Ângelo Campos e Eugénio Almeida, no final da década de 1970, período áureo das chamadas bandas de garagem, teve um percurso curto, mas intenso, e já nessa altura marcado pelos temas originais e covers dos grandes sucessos musicais da época. Cerca de 35 anos depois, o reencontro dos fundadores acabou por reacender o prazer da música e a banda voltou a ser uma realidade, agora reforçada com um novo elemento, Fernando Santos.

The Bigstone é uma banda 100 por cento feirense e todos os elementos partilham o gosto pelo desporto e pela música. Sérgio Cunha tem 60 anos e é oficial de justiça. Na banda é ele quem escreve as letras, compõe as músicas e dá voz aos temas – sempre foi assim – acompanhado pela sua guitarra. Ângelo Campos, 61 anos, é advogado e no universo da música destaca-se na guitarra. Por sua vez, Eugénio Almeida, 58 anos, profissional de seguros, é o homem da bateria e Fernando Santos, o mais novo do grupo, 40 anos, profissional de restauração e hotelaria, apresenta-se no baixo.

A gravação deste primeiro disco, “No meu olhar”, é para a banda feirense uma forma de reescrever o seu percurso musical e documentar a sua criatividade, suspensa durante mais de três décadas e meia, e que agora se reencontra com o público.

No Cineteatro António Lamoso, os The Bigstone vão apresentar temas originais, todos cantados em português, “que espelham diversas realidades, dores e sorrisos, com novos e velhos registos que marcaram várias gerações da cena musical”, revela a sinopse.

E porque a banda não para, há músicas novas que não integram este primeiro disco, mas fazem parte do alinhamento deste concerto de apresentação do primeiro CD na carismática sala de espetáculos da cidade, onde estarão a “jogar em casa”.

A acompanhar a formação no palco vão estar o grupo Coral da Cruz Mediaevus Chorus e os violinistas The Blue and White Strings Duet, Dani Valente e Rodolfo Castro.

Os bilhetes para este espetáculo encontram-se disponíveis em http://bit.ly/TheBigstone9Jun.