Você está aqui:  Início  /   Notícias  /   Colégio de Lamas celebrou 52 anos ao serviço da comunidade

Colégio de Lamas celebrou 52 anos ao serviço da comunidade

Oliveira foi plantada por alunos do 4º ano como “símbolo de resiliência”. Foto: Direitos Reservados

Na celebração do 52º aniversário, o Colégio de Lamas recordou a vida e personalidade do fundador, António Joaquim Vieira, e plantou uma oliveira nas suas instalações. A árvore, segundo a diretora da instituição, simboliza na perfeição o ADN do Colégio de Lamas, “que viveu tempos de enormes dificuldades, mas renasceu e reergueu-se para um tempo novo”, marcado pela “inovação, criatividade e dinamismo”.

O Colégio de Lamas celebrou esta quarta-feira, dia 5 de maio, o seu 52º aniversário e assinalou ainda o 93º aniversário do fundador Joaquim António Vieira, que partiu em 2015. A sessão decorreu no auditório com a presença de um número reduzido de alunos, de forma a garantir a segurança, tendo sido transmitida, em direto, para todas as salas de aula. 

Numa celebração singela, a comunidade educativa recordou a vida e a personalidade do pedagogo e humanista António Joaquim Vieira, responsável por fundar o Colégio de Lamas em 1969. Uma instituição que, nas suas palavras, tinha como missão “servir os jovens, procurando e promovendo a sua formação em todos os domínios, como pessoas de caráter, conscientes, responsáveis, úteis à sociedade”, refere o Colégio em nota de imprensa.

O encerramento do aniversário ficou assinalado por um ato simbólico: a plantação de uma oliveira no jardim do Colégio por quatro alunos do 1.º ciclo. “A oliveira é uma árvore resistente e forte, que pode chegar a viver centenas de anos, e que sobrevive a todas as intempéries e adversidades. Simboliza o renascimento, a esperança, a vida e a paz. Não há árvore melhor para simbolizar o nosso Colégio, que viveu tempos de enormes dificuldades, mas renasceu e reergueu-se para um tempo novo, de ação, desafiante em inovação, criatividade e humanismo, tempo esse que já está a acontecer agora e que toda a comunidade educativa tem a oportunidade de vivenciar”, sublinhou Joana Vieira, diretora do Colégio de Lamas. 

Quero pedir a todos os nossos alunos e alunas que sejam fortes e resilientes como a oliveira. Procurem sempre superar as dificuldades com espírito combativo e alcançarão os vossos objetivos. Não desistam nunca de serem os melhores alunos e as melhores pessoas, porque assim contribuirão para a transformação tão desejada do nosso mundo, tornando-o mais sustentável, mais harmonioso e mais humano. Como o ramo da oliveira, que os nossos estudantes sejam também mensageiros de um mundo novo, de um futuro brilhante e promissor”, concluiu Joana Vieira.