Você está aqui:  Início  /   Cultura  /   João Pedro Pais estreia-se no Cineteatro António Lamoso com espetáculo “Improviso”

João Pedro Pais estreia-se no Cineteatro António Lamoso com espetáculo “Improviso”

Maio marca o regresso da programação 100% presencial ao Cineteatro António Lamoso, em Santa Maria da Feira, cumprindo todas as normas de segurança da Direção-Geral da Saúde. A música de Tape Junk, João Pedro Pais e Stereoboy, e o teatro-revista do Orfeão da Feira prometem devolver ao público o prazer de um espetáculo de palco ao vivo e aos artistas o entusiasmo dos aplausos vindos da plateia.

No dia 5 de maio, às 21h00, Tape Junk junta-se ao público do À4HÁ para mais uma experiência de palco no Cineteatro António Lamoso. O músico João Correia, autor do projeto, apresenta-se ao vivo, em formato reduzido e acústico, na companhia do guitarrista Frankie Chavez. Juntos vão passar em revista o novo álbum e restante discografia de Tape Junk, bem como alguns temas de Frankie Chavez e de Julie & The Carjackers.

O regresso de Tape Junk às edições discográficas em 2019 aconteceu no formato cassete e em todas as plataformas digitais. “Couch Pop” foi escrito sem pressas, fora do ambiente urbano, e as músicas estiveram em constante mutação mesmo até ao dia do começo das misturas. Harry Nilsson, Sly and The Family Stone, Shuggie Ottis e Paul McCartney foram alguns dos nomes que o acompanharam no período de criação do terceiro trabalho de originais.

João Pedro Pais estreia-se no palco do Cineteatro António Lamoso no dia 7 de maio, às 19h00, com o espetáculo “Improviso”. O artista, que em outubro de 2019 editou o seu oitavo álbum de originais “Confidências (de um homem vulgar)”, vai partilhar com o público uma vida dedicada à música, com a energia contagiante que se lhe conhece quando atua ao vivo, revelando a maturidade de um compositor a superar novos desafios. Ao seu lado, estarão dois músicos que o têm acompanhado nos últimos anos: Rui Almeida (piano) e Sérgio Mendes (guitarra).

Com uma carreira artística de duas décadas, marcada por centenas de concertos e cerca de 420 mil discos vendidos, João Pedro Pais continua a ser um dos artistas mais acarinhados pelo público português.

O humor do teatro-revista regressa ao palco do Cineteatro nos dias 14 e 15 de maio, sexta-feira e sábado, às 21h00 e 11h00, respetivamente. O Grupo de Teatro de Teatro Amador do Orfeão da Feira escolheu “três ingredientes para uma receita de pouco sucesso, mas estrategicamente pensados para prender o público ao palco numa noite de Revista”. O espetáculo @Com.Finados promete fazer esquecer os dramas da vida social e integrar o espectador na “grande cruz que assola o país e o concelho da Feira – pandemia, violência doméstica e eleições”. Esperam-se momentos memoráveis de humor e boa disposição, apimentados pela habitual sátira ao contexto local e nacional, que tão bem caracterizam o teatro-revista do Orfeão da Feira e que fazem deste espetáculo um dos mais aguardados pelo público de Santa Maria da Feira.

As experiências de palco regressam ao António Lamoso no dia 19 de maio, às 21h00, com Stereoboy, que na sua mais recente criação se apresenta ao público com o nome “Kungfu” e onde cada tema é dedicado a um dos grandes mestres dessa arte marcial.

Na nova vida de Stereoboy, a eletrónica junta-se à bateria e percussão industrial, criando uma atmosfera que alterna entre a imersão contemplativa e a agressão ruidosa. Um projeto conceptual que a Basqueiro – Associação Cultural dá a conhecer ao público do À4HÁ.

Os bilhetes para os espetáculos da programação de maio encontram-se disponíveis na BOL (https://ctantoniolamoso.bol.pt). Em junho, o Cineteatro António Lamoso manterá o formato presencial em toda a programação, caso a situação pandémica assim o permita.